Para Coutinho, governo Lula retomou expansão do País

Publicação 13/06/2013 - 21:29:00 Atualizado 08/03/2014 - 04:38:44

Na abertura de seminário em homenagem aos 10 anos do governo do Partido dos Trabalhadores (PT), na noite desta quinta-feira, 13, em Curitiba, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse que o primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva abriu o caminho para a "arrancada" do crescimento econômico. "O Brasil apresentava uma situação difícil (antes de Lula) e a retomada do controle sobre as condições econômicas e sobre a inflação abriram caminho para a arrancada da economia", afirmou em discurso transmitido pelo site do PT.

"É nesse período, especialmente entre 2004 e 2008, que se agrega e fortalece o setor externo brasileiro, com a acumulação de reservas", disse o presidente do BNDES. Coutinho citou também que, entre 2004 e 2006, o Brasil conseguiu formar um "colchão de segurança", por meio do superávit externo, com os primeiros US$ 200 bilhões em reservas. "Esse desenvolvimento foi acompanhado por uma importante ascensão do crescimento da economia e especialmente dos investimentos", disse.

O seminário, intitulado "O Decênio que Mudou o Brasil", é realizado pelo PT, Instituto Lula e Fundação Perseu Abramo. Curitiba é a quinta cidade a receber o evento, depois de São Paulo, Fortaleza, Belo Horizonte e Porto Alegre. Até o fim do ano, serão feitos 10 encontros.

O seminário conta também com a presença da presidente Dilma Roussef e de seu antecessor Luiz Inácio Lula da Silva. Além deles, estão presentes o presidente nacional do PT, deputado estadual Rui Falcão (SP), e as ministras da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, entre outros políticos do partido.


Publicidade

Publicidade