Acusado de incendiar casa em Matinhos é preso

Divulgação

Severino Veiga da Silva responderá pelo crime de incêndio qualificado.

Policiais civis da Operação Verão Paraná 2013/2014 prenderam Severino Veiga da Silva, 23 anos, suspeito de ser o autor do incêndio ocorrido no dia 12 de fevereiro último, numa residência localizada na Rua Assaí, Bairro Rio da Onça, em Matinhos.

O incêndio foi investigado por equipe de policiais civis chefiados pelo delegado Robson Barreto, todos eles designados para a Operação Verão Paraná na Delegacia de Matinhos. No curso das investigações, em laudo elaborado por perito do Instituto de Criminalística, verificou-se arrombamento, danos no portão de entrada da residência, quebra de vidros da casa e fogo ateado em colchão, armários, no quarto de casal e na sala de estar, causando grande prejuízo às vítimas.

Apurou-se também que Silva vinha proferindo ameaças de morte e de atear fogo na casa e em um veículo das vítimas, que eram seus vizinhos, transformando a vida dos mesmos num verdadeiro inferno.

As constantes ameaças e o incêndio foram suficientes para obrigar as vítimas a fugirem para Curitiba, temerosos por suas vidas, mesmo porque o suspeito já havia sido preso por tráfico de drogas e seria usuário de entorpecentes.

Barreto representou pela prisão preventiva de Silva e busca domiciliar, visto que testemunhas apontaram que o mesmo possuiria ilegalmente uma arma de fogo. Tais pedidos foram deferidos pelo juízo da Vara Criminal de Matinhos e a prisão se concretizou na tarde de segunda. Na busca domiciliar realizada, contudo, a arma não foi localizada.

Silva responderá pelo crime de incêndio qualificado, com pena de 3 a 6 anos, e multa, com o aumento 1/3 por se tratar de residência habitada, ficando preso na Delegacia de Matinhos à disposição da Justiça.

A Operação Verão Paraná 2013/2014 reforça as delegacias das cidades do litoral durante o período da temporada e tem a coordenação geral do delegado Alcimar de Almeida Garrett.


Publicidade

Publicidade