Policial militar prende ladrões de floricultura

Fernanda Deslandes Publicação 12/05/2013 - 15h47 Atualizado 13/05/2013 - 07h57
Marco Charneski

Rodrigo e Robson foram seguidos por vítimas e presos pela PM.

O lucro do Dia das Mães de uma grande floricultura do Rebouças foi levado, às 14h de ontem (12), por três assaltantes armados. Dois deles cumpriam pena na Colônia Penal Agroindustrial e foram liberados pela Justiça para passar a data com a família. Eles foram capturados novamente e o terceiro conseguiu fugir.

A loja, na esquina das ruas 24 de Maio e Conselheiro Dantas, já encerrava o expediente, quando os três bandidos entraram. Dois deles renderam as funcionárias e o terceiro puxou uma delas para abrir os três caixas. Depois de muitas ameaças dos ladrões e gritaria das funcionárias, dois fugiram. O terceiro demorou para pegar o dinheiro do último caixa, que abriu com dificuldade, e fugiu poucos minutos depois.

Uma testemunha perseguiu um dos ladrões e o derrubou, quando o bandido subia na motocicleta, quase em frente à floricultura. Funcionários seguiram o segundo ladrão e encontraram uma viatura nas proximidades, que prendeu o outro homem na esquina das ruas Baltazar Carrasco dos Reis e Alferes Poli. No meio da confusão, uma idosa que trabalha na limpeza da floricultura passou mal, e precisou ser atendida por uma ambulância particular. Ela passa bem.

Armas

Com os dois presos foram apreendidos dois revólveres calibre 38, municiados e com a numeração suprimida. Os suspeito Rodrigo Prado de Souza, 27 anos, e Robson Ribeiro Pinheiro, 25, depois de medicados dos ferimentos ao cair durante a perseguição, foram encaminhados ao Ciac-Sul. A motocicleta que estava com um deles não tinha alerta de furto ou roubo, mas estava em nome de outra pessoa.

Robson já esteve preso por roubo, e Rodrigo, por latrocínio. O terceiro ladrão fugiu sem ser identificado, levando R$ 1.500,00 dos caixas e a carteira do gerente da empresa.


Publicidade

Publicidade