Polícia Militar controla princípio de rebelião na PCE

Márcio Barros Publicação 18/02/2013 - 08h00 Atualizado 18/02/2013 - 07h48

Dois agentes penitenciários foram feitos reféns durante princípio de rebelião, por volta das 17h de ontem, na Penitenciária Central do Estado, em Piraquara. A confusão aconteceu quando os visitantes deixavam o maior presídio do estado, já palco de muitas rebeliões violentas.

Segundo o tenente Gonçalves, do Batalhão de Guarda, quando a Polícia Militar entrou no presídio, rapidamente os dois agentes foram liberados. “O motivo, supostamente, foi uma briga interna entre facções criminosas. Com os causadores do tumulto foram apreendidos dois estoque e dois chips de celular”, contou o tenente.

A luz do presídio ficou apagada até o início da noite, mas tudo se normalizou. Os agentes foram liberados sem ferimentos. Do lado de fora, porém, amigos e parentes dos presos ficaram reunidos apreensivos.


Publicidade

Publicidade