Mulher seduz cobrador de dívida de drogas do marido

Redação, com TJPR Publicação 26/01/2013 às 00:00:00 Atualizado 26/01/2013 às 04:59:26

Leia Mais

A mulher que seduziu o cobrador de seu marido foi condenada a quatro anos de prisão em regime aberto. Segundo apurado na época, ela começou a exigir dinheiro do cobrador, para que ele mantivesse silêncio sobre as relações sexuais.

Segundo o processo, em agosto de 2008, Maria Aparecida dos Santos Francisco recebeu em sua casa um homem, que foi cobrar uma dívida do marido dela. A mulher seduziu o cobrador e, segundo a vítima, ambos tiveram relações sexuais por duas vezes. Depois disto, Maria Aparecida começou a exigir dinheiro para não contar a seu marido e para a família do cobrador que os dois eram amantes e que ela estava grávida dele.

Cheques

Consta que a vítima, com medo, entregou à denunciada dois cheques, de R$ 7 mil e R$ 3 mil, além de outros em valores menores. Com o dinheiro, a mulher comprou um Uno e depois o trocou por um Corsa. Estima-se que o valor extorquido tenha passado de R$ 25 mil. Maria Aparecida também foi condenada a pagar 10 dias-multa pela extorsão.


Publicidade

Publicidade