Mulher sofre queimaduras graves e morre no hospital

Redação Publicação 19/08/2012 às 14:25:42 Atualizado 19/01/2013 às 22:22:07
Arquivo

Mulher causou acidentes quando tentava socorrer a vítima.

Ana Cristina Straub Leite, 35 anos, morreu no Hospital Evangélico na noite de sábado, onde estava internada desde a tarde de segunda-feira, no setor de queimados. A Delegacia de Homicídios investiga se a companheira da vítima foi quem ateou fogo em seu corpo.

A mãe da vítima contou, na DH, que as duas mantinham um relacionamento amoroso, mas viviam brigando. Uma delas teria rompido a relação, o que motivou a briga. Na tarde de segunda-feira, a mulher teria ateado fogo na companheira e, em seguida, a colocou num carro e seguiu para o hospital.

Confusão


A mulher que provocou um acidente de trânsito no Capão Raso. No caminho, ela bateu o carro, na Rua Miguel Feliz, e, exaltada, tentou agrediu populares com uma barra de ferro. Enquanto o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) acalmava a mulher, sem saber que ela tinha ateado fogo na companheira, a vítima de queimaduras foi socorrida pelo Siate. De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, da DH, mais pessoas devem ser ouvidas a partir de hoje, para que se esclareça o que aconteceu e quem foi o responsável pelas queimaduras em Ana.


Publicidade

Publicidade