Acidente deixa três mortos na BR-277

Giselle Ulbrich Publicação 14/10/2010 às 01:03:47 Atualizado 19/01/2013 às 21:56:25
Aliocha Maurício
As três pessoas que estavam no veículo foram ejetadas e morreram na hora.

Saída de pista em alta velocidade terminou com os três ocupantes de uma caminhonete mortos, no final da tarde de ontem. O acidente foi no quilômetro 110 da BR-277, no bairro Cercadinho, em Campo Largo, na pista sentido Ponta Grossa.

Morreram Fernando Mendes Marin, 31 anos, que dirigia o veículo, a mãe dele, Sandra Maria Mendes Marin, 53, e a namorada Daniele Mariane Lima, 22. Sandra era diretora do Colégio Hercílio Boeno de Camargo, em Palmas (PR).

O acidente ocorreu por volta das 17h. Everton dos Santos, funcionário da Incepa, seguia para trabalhar e culpou a imprudência do motorista. Ele relatou que a caminhonete S10 placa ARL-9677 (Palmas) o ultrapassou pela direita, tão logo eles passaram pelo radar, cerca de 500 metros antes do local do acidente.

“O carro devia estar a uns 180 quilômetros por hora”, afirmou. A S10 voltou para a pista da esquerda, até ser surpreendida por um caminhão, que também entrou na pista para ultrapassar um veículo.

Rodopio


Fernando pisou fundo no freio. A caminhonete rodopiou no asfalto e saiu da pista. Bateu de frente com o início da mureta sobre o Rio Verde, voou por cima do rio e caiu cerca de 15 metros depois da margem, no barranco à beira da pista.

Acredita-se que as vítimas estivessem sem o cinto de segurança, pois todas foram arremessadas para fora do veículo e tiveram morte instantânea. Everton disse que parou imediatamente ao ver o acidente à sua frente e desceu no barranco, mas já encontrou todas as vítimas imóveis, sem respirar.


Publicidade

Publicidade