Bandidos morrem em assalto em Balsa Nova

Giselle Ulbrich e Márcio Barros Publicação 08/10/2010 às 00:03:31 Atualizado 19/01/2013 às 21:56:12
Fábio Alexandre
Um dos mortos foi identificado como Claudinei.

O assalto a uma fazenda de Balsa Nova terminou com dois bandidos mortos, outros dois gravemente feridos num acidente e um policial militar baleado. Com a quadrilha, que se acredita seja especializada em roubos a propriedades rurais de grande porte, a polícia recolheu quatro armas de grosso calibre. Um assaltante ainda está foragido.

Os cinco marginais chegaram à fazenda, por volta das 10h30, a bordo do Corsa bordô placa MAO-1904 (Mafra - SC), com alerta de roubo, segundo o tenente Stocchero, do 17.º Batalhão da Polícia Militar. Eles queriam dinheiro, mas não encontraram. Na saída, depararam-se com policiais militares de Balsa Nova, que já haviam sido chamados.

Houve confronto e o soldado Valdinei, da 3.ª Companhia do 17.º BPM, foi baleado. Ele foi atingido por estilhaços de uma espingarda calibre 12 e feriu uma das mãos e o rosto. O policial foi socorrido e levado ao Hospital do Trabalhador pelo Siate, sem risco de morte.

Cerco

Durante o confronto, três marginais escaparam para o mato e os outros dois fugiram no Escort de um funcionário da fazenda. Porém, numa das curvas da estrada rural, bateram de frente com uma van. Os dois se feriram gravemente e foram levados ao Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo.

Um deles, identificado apenas pelo apelido de “Cabelo”, estava em estado gravíssimo na UTI, com risco de morrer. O outro rapaz afirmou ao superintendente Juscelino Bayer, da delegacia local, que seu nome era Fernando. No entanto, as identificações ainda estão sendo verificadas. O motorista da van não se feriu.

A Polícia Militar acionou um helicóptero, para ajudar nas buscas pelo trio que fugiu pelo mato. A equipe aérea localizou os bandidos e houve novo confronto, por volta das 13h.

Dois marginais foram mortos, um deles identificado como Claudinei. Com ele, a polícia encontrou CPF em nome de Denis, irmão de Claudinei. De acordo com Juscelino, o bandido morto é provável foragido da Colônia Penal Agrícola, e por isso usava o documento do parente. Claudinei e os outros quatro suspeitos seriam moradores na Cidade Industrial de Curitiba.

Especialistas

O quinto marginal conseguiu escapar do cerco e foi visto fugindo num Kadett branco, que a quadrilha deixou nas proximidades da fazenda. Devido ao armamento recolhido com o bando - duas espingardas calibre 12, uma carabina americana calibre 38 e uma espingarda calibre 28 -e à maneira como agiram no assalto, a polícia acredita que seja uma quadrilha especializada em roubos a chácaras e fazendas. E há suspeitas que eles também tenham cometido o assalto a um mercado da região.


Publicidade

Publicidade