Assassinatos no Caiuá e Conjunto Itatiaia

Giselle Ulbrich Publicação 26/06/2010 às 00:16:42 Atualizado 19/01/2013 às 21:51:40
Anderson Tozato
Rafaele foi executada ao sair de uma lan house.

O pintor Cleiton de Carvalho, 28 anos, foi morto com pelo menos quatro tiros, quase na frente de sua casa, na noite de ontem. O homicídio foi na Rua Lauro Grein, próximo à esquina com a Rua Lodovico Kaminski, no Caiuá, Cidade Industrial.

O crime ocorreu por volta das 20h45. Não se sabe se Cleiton saía ou chegava em casa, quando foi abordado por três indivíduos, que se aproximaram num Corsa prata, modelo novo.

Um dos rapazes atirou em Cleiton, com uma pistola 380, e o atingiu no peito, perna, mão e cabeça. Quem testemunhou não deu mais detalhes do veículo ou de seus ocupantes, à Polícia Militar.

Segundo investigadores da Delegacia de Homicídios apuraram com a família, Cleiton era um rapaz trabalhava como pintor. Sua morte pode estar relacionada às drogas, já que o jovem era viciado.

Outro

Também na CIC, porém às 17h20 no Conjunto Itatiaia, Rafaele Machado, 18 anos, foi morta a tiros na Rua Nicolau Vorobi. O pouco que apurou a Polícia Militar é de que a jovem saía de uma lan house próxima, quando foi baleada na cabeça. Sobre o atirador, ninguém relatou nada.


Publicidade

Publicidade