Fuga em massa na delegacia de São José dos Pinhais

Marcelo Vellinho Publicação 07/04/2010 - 00h00 Atualizado 19/01/2013 - 21h48

Trinta presos da delegacia de São José dos Pinhais conseguiram fugir, por volta das 5h de ontem. Eles fizeram um buraco no teto da cela, sob a caixa d’água, e aproveitaram o forte temporal para subir no telhado sem que fossem ouvidos.

Somente algum tempo depois, os três policiais que estavam de plantão escutaram barulho estranho e foram ver o que estava acontecendo. Eles ainda chegaram a tempo de evitar outras fugas, mas os 30 já tinham escapado pulando o muro lateral.

De acordo com informações da delegacia, os presos que fugiram estavam na cela 2 da galeria 2. O buraco foi aberto debaixo da caixa d’água, para dificultar o trabalho de vistoria.

“No teto, eles colocaram uma fenda com uma massa feita com creme dental e sabão, que deixa semelhante ao concreto”, disse o delegado Osmar Dechiche. Na madrugada de ontem, aproveitando o forte barulho da chuva, os presos furaram a caixa d’água e conseguiram acessar o telhado. Dali, pularam o muro lateral e ganharam a liberdade. Segundo a polícia, outros detentos tiveram a oportunidade de sair, mas preferiram continuar na cadeia.

Superlotação

Assim como acontece em todas as delegacias da região metropolitana, xadrez estava superlotado. A capacidade é de 36 presos, mas havia 146 na hora da fuga.

A polícia preferiu não divulgar o nome dos fugitivos. Policiais militares e civis realizaram buscas na tentativa de localizá-los, porém até a noite de ontem, ninguém havia sido recapturado.


Publicidade

Publicidade