Tragédia entre amigos no Fazendinha

Márcio Barros Publicação 23/11/2009 às 00:00:00 Atualizado 19/01/2013 às 21:43:36
Fábio Alexandre
“Paieiro” freou a moto por 15 metros, mas não parou.

O motociclista Adenir Verdan da Silva, 39 anos, conhecido como “Paieiro”, morreu ao bater a moto Hornet 600 placa BBO-2905 com o Fiat Doblô placa ALW-4878, dirigido por Aroldo dos Santos, 40. O acidente aconteceu na Rua Frederico Lambertucci, Fazendinha, às 20h30 de sábado.

Segundo testemunhas, Aroldo saia com o carro de uma pizzaria quando “Paieiro” possivelmente em alta velocidade não conseguiu evitar a colisão. O perito Eumir, do Instituto de Criminalística, mediu a marca de frenagem que foi superior a 15 metros.

Os dois eram moradores da região e se conheciam. Uma mulher, que não quis se identificar, lamentou a fatalidade. “Eu conhecia os dois. Duas pessoas boas e responsáveis, realmente foi uma tragédia”, contou a mulher.

Os familiares da vítima disseram para a polícia que ele estava chegando de São Paulo, para onde tinha viajado de moto e morreu a algumas quadras da sua casa.

Aroldo ficou no local até a chegada da polícia, foi submetido ao exame de bafometro, que deu negativo, e em seguida foi levado para a Delegacia de Delitos de Trânsito.


Publicidade

Publicidade