Grave acidente deixa três mortos na BR-116

Janaina Monteiro Publicação 10/11/2009 às 00:00:00 Atualizado 19/01/2013 às 21:43:06
Aliocha Maurício
Veículo matou pai e filha, em uma Montana, e mais um motoqueiro.

Pai e filha e mais um motoqueiro morreram num grave acidente por volta do meio-dia no quilômetro 124 da BR-116, na ponte sobre o Rio Iguaçu, divisa com Fazenda Rio Grande.

O cavalo Scania, que era rebocado por um guincho, se soltou e bateu em uma Montana e em uma motocicleta que seguiam para Curitiba. O guincho ia sentido contrário e caiu num barranco.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Alexsandro Hercílio Espindula, 31 anos, piloto da moto Suzuki placa ARU-2619, morreu na hora. Arey Priscila Kholer, 22, que estava na Montana, com placa de Canoinhas (SC), e seu pai Anderson José Kohler, 41, motorista do carro, também morreram.

Anderson foi encaminhado pelo helicóptero da PRF ao Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, mas não resistiu. Anderson trazia a filha para ela renovar o passaporte em Curitiba, já que Arey pretendia viajar, em breve, para os Estados Unidos.

O motorista do guincho sofreu ferimentos leves e foi encaminhado ao hospital. A PRF informou que será feita perícia para identificar as causas do acidente. Até as 15h houve lentidão na pista sentido Fazenda Rio Grande na altura do acidente.

Nota

Alexsandro trabalhava no setor de Tecnologia da Informação da Facear como técnico de informática na Facear (Faculdade Educacional Araucária). Em nota publicada no site da faculdade e assinada pela comunidade Facear, a instituição lamenta o falecimento de “Alex”.

Ele morava em Fazenda Rio Grande e trabalhava na Facear desde 2007. “Em nome de todos os amigos da Facear, queremos nos solidarizar com a sua família neste momento de tanta dor e angústia”, diz a nota.


Publicidade

Publicidade