Fuzilado com seis tiros em Almirante Tamandaré

Marcelo Vellinho e Fábio Schatzmann Publicação 28/01/2009 - 01h00 Atualizado 19/01/2013 - 21h32
Átila Alberti
Jhonatas era usuário de drogas e tinha passagem por roubo.

Usuário de drogas com passagem pela polícia por roubo, Jhonatas Marins Ferreira, conhecido como “Gambá”, 21 anos, foi assassinado a tiros no final da noite de segunda-feira, no Jardim Graziela, em Almirante Tamandaré. Pelo que foi apurado pela perícia, ele foi atingido por seis tiros, no meio da Rua José Milek Filho.

De acordo com o escrivão Darci, da delegacia local, Jhonatas era usuário de drogas desde os 14 anos. “Ele fumava maconha e crack”, afirmou. O jovem já tinha sido preso no 7.º Distrito Policial (Vila Hauer) por roubo.

BO

Ontem, familiares de “Gambá” estiveram na delegacia, mas não tinham informações que ajudassem na investigação. Até a tarde de ontem, os investigadores aguardavam a entrega do boletim de ocorrência da Polícia Militar para poder reunir outros dados sobre o assassinato.


Publicidade

Publicidade

Comente a notícia