Jovem usava beleza como arma para seus golpes

Márcio Barros Publicação 14/01/2009 às 00:00:00 Atualizado 19/01/2013 às 21:31:52
Aliocha Mauricio
Fabiana: carro “melhorado”.

Fabiana Sporh Godk, 21 anos, foi presa no final da manhã de ontem, por policiais militares do serviço reservado do 12.º Batalhão, suspeita de ter dado golpe de mais de R$ 7 mil em lojas de equipamentos para automóveis. Os produtos estavam instalados no Celta AKX-8350, que ela dirigia na hora da abordagem. A moça e o carro foram levados para o 2.º Distrito Policial (Rebouças).

Segundo um tenente que não pode ter a sua identidade revelada, os golpes aconteceram em dezembro e desde então a polícia monitorava o veículo. O dono de uma loja disse que Fabiana escolheu as rodas e o som e mandou colocá-los no seu carro. “Ela ainda pediu desconto e conversou muito com os funcionários. A beleza e a simpatia conquistaram a confiança de todos”, contou o empresário.

Fila

Na hora do pagamento, conforme relatou o dono da loja, ela deu um cartão com defeito, e sugeriu que um funcionário a acompanhasse até o banco, onde efetuaria o saque. “Quando estavam na fila, ela abriu a carteira e disse que havia deixado o documento de identidade no carro. Pediu para o funcionário aguardá-la na fila e nunca mais apareceu”, contou.

Outro empresário relatou a mesma história e a polícia acredita que outras vítimas possam aparecer. “Ela está sub judice e responde a dois inquéritos policiais, um deles por porte de arma”, completou o tenente. Os pais de Fabiana disseram, na delegacia, que não entendem o comportamento da filha. “Ela tem de tudo, não precisa de nada disso”, lamentou o pai.

O advogado de Fabiana, Nilton Ribeiro, argumentou que ela não foi presa em flagrante e, para que fosse detida seria necessário mandado de prisão. “Vamos representar contra a polícia, que a prendeu e a algemou. Ela já foi liberada e vai responder em liberdade.”


Publicidade

Publicidade

Comente a notícia