Bombeiro Comunitário é implantado em Altônia

AE Notícias Publicação 26/09/2006 - 16h23 Atualizado 19/01/2013 - 21h05

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Almir Porcides Júnior, implantou nesta terça-feira (26), em Altônia, no Oeste do Estado, o programa do governo estadual Bombeiro Comunitário. Foi entregue ao município um caminhão equipado com mangueiras, esguichos, escada e caixa de ferramentas – no valor de R$ 118 mil. “Esse é um programa que veio para ficar. Em três anos e meio, 50 municípios já foram contemplados. O Bombeiro Comunitário vai dar respaldo às ações de Defesa Civil, combate ao incêndio, atendimento de emergência e trabalhos preventivos”, explicou o coronel.

Para o prefeito de Altônia, Amarildo Ribeiro Novato, o Bombeiro Comunitário era um compromisso para com a cidade. “A população vai ser beneficiada não só com o atendimento mais rápido a casos de incêndio, mas também no salvamento de vidas humanas e de animais silvestres”, afirmou.

Segundo o capitão Maurício Gênero, Chefe da Divisão de Defesa Civil, o Bombeiro Comunitário é voltado à defesa da população. “É um serviço que estará 24 horas para trabalhar de forma preventiva e realizar atendimentos de emergência”, completou. Pelo programa, o Governo do Estado cede o caminhão e treina agentes escolhidos e mantidos pela Prefeitura, que também se responsabiliza pelo local onde será instalado o posto do bombeiro.

Dez funcionários da prefeitura foram treinados, com estágio complementar de 300 horas de duração, para operarem o caminhão e serem os agentes de Defesa Civil, em diversos tipos de atendimentos emergenciais. Para isso, o Corpo de Bombeiros de Umuarama, responsável pela região, enviou o sargento Gerson Amarildo de Oliveira para a supervisão do serviço e treinamento periódico de manutenção do pessoal. “Foram todos treinados na técnica de combate ao incêndio e prevenção. A implantação deste programa melhora muito o nosso atendimento em função do tempo de resposta ser muito mais rápido”, contou o sargento.

O agente de Defesa Civil, que trabalha na prefeitura como agente ambiental, Arilson da Silva, 32 anos, decidiu entrar para o Bombeiro Comunitário para poder ajudar mais a sua comunidade. “Nós vamos fazer trabalho de prevenção e combate ao fogo, salvamento e socorros a vítimas de acidentes. É um trabalho muito gratificante”, falou.

Segundo a Defesa Civil, o caminhão do programa Bombeiro Comunitário foi projetado para proporcionar melhor desempenho e durabilidade. Ele possui um tanque com capacidade de 5 mil litros de água, além de bomba de incêndio e canhão na parte superior da carroceria. A sua cor é laranja – adotado oficialmente pela Defesa Civil em todo o mundo – e o seu acionamento pode ser feito por meio dos telefones 193 (Corpo de Bombeiros) e 199 (Defesa Civil).


Publicidade

Publicidade

Comente a notícia