Estado vai liberar décimo terceiro salário dos servidores na sexta-feira

Publicação 14/12/2011 - 14:57:08 Atualizado 08/03/2014 - 04:27:08

O governador Beto Richa liberou o pagamento do décimo terceiro salário dos servidores públicos estaduais ativos, aposentados e dos pensionistas para a próxima sexta-feira (16). A medida vai injetar cerca de R$ 950 milhões na economia do Estado. O mesmo valor será depositado no dia 28, quando será pago o salário do mês de dezembro do funcionalismo.

"A folha salarial é o maior compromisso financeiro do Estado e assegurar o pagamento do décimo terceiro salário antes de 20 de dezembro, para facilitar as compras de fim de ano, é uma forma de demonstrar nosso respeito e valorizar o trabalho que os servidores prestam à população", afirmou o governador.

O secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, informou que, apesar das dificuldades financeiras e orçamentárias encontradas em janeiro, o governo fez uma poupança mensal ao longo do ano para garantir o pagamento do décimo terceiro salário sem necessidade de recorrer a outras fontes ou empréstimos.

Segundo Hauly, as medidas de austeridade adotadas pelo Comitê Gestor e pelo conjunto das secretarias, reduzindo despesas e revendo contratos, foram fundamentais para obter a economia necessária. "O Estado é dinâmico e o novo governo deu um ritmo adequado à estrutura administrativa, de forma que agora a Fazenda pode tranquilizar a todos com a condição de cumprir o orçamento previsto", disse Hauly.

De acordo com o secretário, de janeiro a dezembro de 2011, a despesa média mensal com a folha salarial dos servidores foi de R$ 951 milhões, o que dá uma soma de R$ 12,371 bilhões — valor 14,5% superior aos R$ 10,8 bilhões de 2010. Nesta conta estão 181 mil servidores ativos do Poder Executivo e órgãos da administração direta e autárquica, e 82 mil aposentados e pensionistas.

Para o secretário da Administração e Previdência, Luiz Eduardo Sebastiani, o diálogo permanente, a proximidade e o respeito que o governo mantém com servidores e com suas representações sindicais, permitiu a conscientização de todos a respeito dos limites existentes quanto à responsabilidade fiscal. "Neste ano, o governo cumpriu o reajuste dos salários e dos adicionais em uma etapa única para todos os servidores, na database, o que é um avanço reconhecido pelas categorias", disse Sebastiani.

Ele destacou os avanços salariais e aumentos gerais concedidos aos servidores em 2011, em especial na área de educação, as promoções de carreiras, além de novos concursos públicos e das contratações feitas para áreas como segurança pública e saúde. 


Publicidade

Publicidade