Curitiba terá voo direto pra Miami a partir de novembro

SMCS Publicação 15/08/2013 às 08:55:05 Atualizado 15/08/2013 às 05:57:19

Leia Mais

O turismo de Curitiba ganhará força com a primeira opção de voo direto para Miami (Estados Unidos) a partir do dia 21 de novembro. A informação sobre a nova rota foi confirmada pelo presidente do Instituto Municipal de Turismo (Ctur), Paulo Colnaghi, que recebeu informações da empresa aérea American Airlines, na noite de terça-feira (13).

De acordo com o presidente do Ctur, o trajeto Miami/Curitiba/Miami representa um ganho para o turismo da capital paranaense. “Vínhamos conversando com a American Airlines há algum tempo. Será uma importante rota para o desenvolvimento do Turismo na cidade, principalmente porque estaremos conectados aos Estados Unidos por um voo diário da companhia”, afirmou Colnaghi.

O Ctur permanece em tratativa com companhias aéreas da América Latina para que a capital paranaense também seja escolhida como rota. “Negociar com empresas aéreas nacionais e internacionais e conquistar voos que venham diretamente do exterior para Curitiba é um dos itens do nosso plano de governo. E estamos cumprindo”, afirmou.

Inédito

O primeiro voo de Miami para Curitiba será feito por uma aeronave Boeing, modelo 767-300, que sai da cidade americana na noite do dia 21 de novembro com previsão de chegada no Aeroporto Internacional Afonso Pena às 7h50 da manhã seguinte. Duas horas mais tarde, o avião segue para Porto Alegre, retornando para Miami no final da tarde.

Conforme Colnaghi, em breve deverá ser definido uma programação festiva para o lançamento do vôo, com o tradicional batismo da aeronave. O modelo 767-300 tem capacidade para 225 passageiros.

A implantação desta rota Miami/Curitiba também cria a expectativa de crescimento no número de visitantes americanos em Curitiba, que tem aumentado nos últimos anos. Em 2009, 9,9% dos turistas estrangeiros que estiveram em Curitiba eram procedentes da América do Norte, o que representa aproximadamente 14,5 mil pessoas. Em 2012, essa porcentagem subiu para 10,3%, algo em torno de 19,5 mil americanos.    


Publicidade

Publicidade

Comente a notícia

Esta notícia já contém 3 comentários.

  • Doutor Hadevir condenação
    15/08/2013 - 10:09

    Boa!! num guentava mais aquelas escalas, agora amanhã vô pá CAMCUM (CAMPO COMPRIDO)

    A responsabilidade do comentário é do autor da mensagem e não representa a opinião do Paraná Online.
    Denuncie o comentário Responda o comentário

  • Itamar .
    15/08/2013 - 07:38

    Otima noticia, ficar passando pelo inferno de Grarulhos e Galeao e complicado...espero que seja para ficar esse voo, uma pergunta: porque a COPA nao voo a Curitiba ? ja voa Porto Alegre, Brasilia, Minas, Salvador entre outras...e aqui nada.

    A responsabilidade do comentário é do autor da mensagem e não representa a opinião do Paraná Online.
    Denuncie o comentário Responda o comentário

  • david zettel
    15/08/2013 - 07:01

    No mínimo, uma forma de privilegiar algum diretor de multinacional, como aconteceu antes, voo para frança = Renault, voo para Alemanha = Volkswagen/Audi. Qual empresa está vindo para cá agora....

    A responsabilidade do comentário é do autor da mensagem e não representa a opinião do Paraná Online.
    Denuncie o comentário Responda o comentário