Áreas do litoral já vivem tradicional falta de água

Lawrence Manoel Publicação 30/12/2002 às 23:00:57 Atualizado 19/01/2013 às 20:37:09
Muitas casas já estão sem abastecimento.

Todos os anos a história se repete. Com a chegada dos veranistas às praias, e o conseqüente aumento do consumo de água no litoral do Estado, começa a o desabastecimento em alguns pontos, que se estendem por praticamente toda a temporada. Ontem, a reclamação já era grande em algumas regiões de Guaratuba, principalmente por parte dos moradores locais.

Na localidade de Nereidas, a população tinha grandes dificuldades por não ter água nem para as atividades mais essenciais. Sueli Terezinha Reichardt reclamou que não tinha água nem para fazer a limpeza no banheiro. "Estou tendo que buscar água do mar para fazer isso", contou, revoltada. Segundo ela, o problema da falta de água já durava quatro dias na região. "Os inquilinos estão todos indo embora, estamos tendo prejuízo. Não há uma gota de água aqui."

A vizinha de Sueli, Célia de Souza, também estava muito descontente com o problema no abastecimento. "É uma vergonha", protestou. "As crianças estão chorando o dia inteiro por não ter água. Não temos nem como tomar banho."

Sanepar

Conforme a assessoria de imprensa da Sanepar, desde sábado está havendo problema de desabastecimento no balneário de Coroados, em Guaratuba, onde a empresa trocou uma válvula de pressão na noite de domingo.

Segundo a assessoria da empresa, o abastecimento já estaria começando a se normalizar em algumas regiões na tarde de ontem, mas devido à falta de pressão deveria voltar ao normal em todos os pontos somente na madrugada de hoje.

Ainda de acordo com a assessoria, a empresa trata uma quantidade de água suficiente para a população de Guaratuba. Mas com os veranistas, os problemas surgem. Para a Sanepar, "o uso responsável da água é fundamental para que o produto não falte durante o verão".


Publicidade

Publicidade

Comente a notícia