Piraquara registrou 10 mortes em 12 dias

Márcio Barros Publicação 01/09/2008 às 00:45:12 Atualizado 19/01/2013 às 21:26:56
Cicíro Back
“Marquinhos” era foragido da Colônia Penal Agrícola.

No fim de semana, dois homens foram assassinados em Piraquara. Na madrugada de sábado José Moacir Subtil, 40 anos, foi morto a pedradas no Guarituba. Na tarde de ontem, o foragido da Justiça identificado apenas como Marco Aurélio, ou “Marquinhos”, foi executado a tiros na Vila Macedo. Com essas duas mortes, chega a dez o número de assassinatos no município em 12 dias.

A liberdade de “Marquinhos”, de aproximadamente 25 anos, durou pouco. Foragido da Colônia Penal Agrícola há pouco mais de um mês, foi morto com vários tiros, por volta de 13h de ontem, na Rua Belém, Vila Macedo. Ele estava caído em um pequeno quarto, entre a cama, um guarda roupa e uma mesa, sobre a qual estava aberta a Bíblia no livro de Salmos.

Segundo Regiane Leite, conhecida da vítima, desde que fugiu da CPA, ele estava escondido na casa. Seus familiares moravam a algumas quadras dali. “Só sei que ele estava escondido. Não sei nada da vida dele”, afirmou a moça, que parecia estar embriagada.

Em cima da pia, na cozinha, além de panelas sujas, havia uma latinha de cerveja vazia, com marca de que pouco antes de ser morto, ele havia fumado uma pedra de crack.

“O dono da casa fugiu. Vamos passar todas as informações para a delegacia de Piraquara que vai investigar o crime”, afirmou contou o soldado Leandro, do 17.º Batalhão de Polícia Militar.

Outro

Moradores da Rua Elizabeth de Souza, Jardim Guarituba, próximo ao Baile do Pato, encontraram o corpo de José Moacir Subtil. Ele tinha marcas de espancamento e foi morto com golpes de pedra. Segundo testemunhas, ele foi visto pela última vez por volta de 23h de sexta-feira, em um bar na região.

Matança

Depois de mais de 40 dias sem registrar mortes violentas, a delegacia de Piraquara, que chegou a comemorar a calmaria nos crimes, teve trabalho dobrado. Desde o dia 19, quando Rafael Pereira da Silva, 24, foi morto a tiros, mais nove assassinatos foram registrados na cidade, incluindo um triplo homicídio no Jardim Holandês.


Publicidade

Publicidade