2ª fase de testes da tecnologia na linha do gol

Publicado em 27/04/2012 às 09:15:09 - Atualizado em 20/01/2013 às 09:55:06
Perfil de Valdir Bicudo

O colunista sempre está em cima do lance para avaliar o desempenho do árbitro, o inimigo número um das torcidas. Saiba como o apito se comporta nos campos do País.

No último dia 3 de março de 2012, a International Football Association Board aprovou a participação de duas empresas - Hawk-Eye e GoalRef - na segunda etapa de testes da tecnologia da linha do gol (TLG).

Entre o próximo dia 10 de maio de 2012 e o início de junho, o EMPA (sigla em alemão para Laboratório Federal Suíço de Ciência e Tecnologia de Materiais) testará ambos os sistemas com o objetivo de avaliar rigorosamente a confiabilidade e a precisão de cada um, assim como a solidez da tecnologia.

A Board confirmou que a segunda fase de testes consistirá de quatro elementos diferentes:

1. Testes em campo. Serão realizados em um estádio de futebol à escolha do fornecedor do sistema de TLG. O EMPA disparará uma grande quantidade de chutes contra um gol vazio, contra uma barreira de impacto e contra um goleiro, além de fazer o chamado "teste do trenó", assim como na primeira fase (veja o vídeo à direita).

2. Testes em treinos. Será a simulação de uma série de situações em campo, usando jogadores, para avaliar os sistemas de TLG diante da presença de muitos atletas dentro do gol e ao redor dele.

3. Testes de laboratório. Ambos os sistemas de TLG serão testados em diferentes condições ambientais e técnicas. Isso incluirá a simulação de diferentes condições climáticas (como chuva, fumaça, neblina, calor e umidade), exames sobre o impacto da proximidade de transmissores de telefonia celular ou de outras distorções de campo magnético (como câmeras de TV e painéis de publicidade em LED) e testes nos cronômetros utilizados pelos árbitros.

4. Testes em partidas profissionais reais. Para garantir que todas as eventualidades foram cobertas nas duas fases de testes, cada empresa precisará também comprovar seus sistemas em dois jogos reais. É importante frisar que somente o observador do EMPA nos estádios terá acesso às leituras dos sistemas de TLG e estes não serão utilizados pelos árbitros. Portanto, o sistema de TLG não terá influência no resultado das partidas nas quais estiver sendo testado.

O primeiro jogo real da Hawk-Eye será a final da Copa de Hampshire, torneio regional amador da Inglaterra, que será disputada por Eastleigh e Totton no próximo dia 16 de maio. A segunda partida será confirmada em breve.

Já o sistema da GoalRef poderá ser testado em dois jogos do Campeonato Dinamarquês ou em um encontro válido por um torneio nacional e um futuro amistoso entre seleções.

A FIFA gostaria de registrar seu sincero agradecimento à Liga Suíça de Futebol e às federações holandesa e alemã por expressarem grande interesse em dar seu apoio aos testes em partidas reais. Por razões logísticas e comerciais, não se puderam realizar as provas nestes países dentro do período de tempo requerido.

Os resultados da segunda fase de testes serão enviados à IFAB para que a decisão final quanto ao uso da tecnologia da linha do gol possa ser tomada na Assembleia Extraordinária da entidade no próximo dia 2 de julho, em Kiev, na Ucrânia.

Fonte:Fifa

Publicidade

Publicidade