Aprenda a projetar um guarda-roupa planejado

Arquivo

Se você anda sonhando com um guarda-roupa feito sob medida para as suas roupas, sapatos e bolsas é melhor pegar lápis e papel quadriculado e começar a rabiscar esboços e pré-projetos.

Porque imaginar o próprio armário fica bem mais fácil quando se conhecem as medidas-padrão usadas por arquitetos e decoradores na hora de criar esses móveis.

A primeira regra principal e imutável é a profundidade do armário. Quando ele tem portas, ela deve ser de 60 centímetros. Já os armários abertos, sem portas ou só com cortinas, podem ter 50 centímetros de profundidade.

Essas medidas possibilitam acomodar bem as roupas em cabides sem que elas amasses ou fiquem raspando nas portas, o que acabaria por danificar as peças. Porque o cabideiro necessita obrigatoriamente de um vão com 60 centímetros de profundidade.

A largura pode variar conforme a sua necessidade ou disposição de espaço. Já a altura vai depender do tipo de roupa que se vai pendurar ali. Camisas, ternos, paletós, blusas e jaquetas precisam de um espaço entre 90 centímetros e 110 centímetros de altura. Casacos, saias pedem alguns centímetros a mais, em torno de 115 e 120 centímetros de altura. Vestidos e casacos longos ocupam mais espaço e precisam de 140 a 160 centímetros de altura. Já o calceiro pode ocupar uma área de apenas 70 centímetros de altura. Como é praticamente impossível criar um armário com tantos níveis diferentes de altura, tente manter duas divisões básicas: uma mais comprida, para as roupas longas e outra mais larga, com cerca de 120 centímetros de altura para as demais peças.

 

As prateleiras acomodam muito bem as roupas de lã, calças jeans, camisetas e até mesmo as camisas, sem falar nos sapatos e bolsas. Para essas peças, você pode prever que a altura mínima entre cada prateleira seja de 30 centímetros e que a profundidade delas não ultrapasse os 60 centímetros. Do contrário, você terá dificuldades em acessar e ver as roupas que ficam no fundo do armário. Para acomodar os sapatos, essas medidas podem ser menores e a distância entre uma prateleira e outra pode variar entre 15 e 20 centímetros. Se for criar pequenos nichos, lembre-se que os sapatos acomodam-se melhor num espaço com pelo menos 25 centímetros de largura.

 

As gavetas servem para acomodar peças pequenas ou mais delicadas, como lingeries, meias, biquínis e malhas em lã fina. Em geral, estipula-se que as gavetas não tenham mais do que 45 centímetros de largura. Mais do que isso, elas ficam grandes demais, pesadas demais e difíceis de usar. Para acomodar as lingeries, recomenda-se que as dimensões tenham entre 10 e 15 centímetros de altura e ter até 60 centímetros de profundidade. Gavetas de uso geral podem ser um pouco mais altas, com 20 centímetros de altura. E aquelas reservadas para guardar as blusas e roupas de lã devem ter entre 35 e 45 centímetros de altura.

Efeitos óticos

Guarda-roupas com portas estreitas e compridas, sem recortes de maleiro, dão sensação de aumentar a altura do ambiente. Já as portas com a divisão do maleiro ampliam a largura da área.

 

Se esse for o seu desejo, lembre-se de alinhar a altura das portas com a altura das janelas ou da porta de entrada do cômodo. Isso cria uma referência visual e torna o ambiente mais agradável.

 

Arquivo

Portas

Deixe as portas por último e quando for pensar nelas, vá para o quarto e analise o espaço que restará para a circulação em frente a ele. Lembre-se que você vai precisar de pelo menos 1 metro de área livre para se movimentar com conforto e sem esbarrões.

Se o espaço para circulação for maior que 1 metro, você poderá considerar o uso de portas de abrir. Cada folha deve ter entre 40 e 60 centímetros no máximo.

Se o seu dormitório não for tão grande assim, considere a instalação de portas sanfonadas, do tipo camarão ou ainda os modelos de correr. Todas elas utilizam trilhos, engrenagens e sistemas de abertura que "roubam" alguns centímetros de espaço. Por isso, é bom incluir mais 5 centímetros na profundidade final do armário.

Radicalizar e abolir as portas é também uma solução para as áreas pequenas. Armários totalmente abertos dão um ar despojado ao ambiente, apesar de pedirem organização extrema dos seus donos. Quem não consegue se imaginar dobrando roupas e calças diariamente pode tampar o vão com cortinas coloridas e até mesmo persianas horizontais. Aí, o que era despojado se torna chique e moderno.


Publicidade

Publicidade

Comente a notícia