Acerto de contas termina em morte em Araucária

Marcelo Vellinho Publicação 10/07/2008 às 00:09:42 Atualizado 19/01/2013 às 21:25:39

Foto: Walter Alves

Rodrigo foi morto com seis tiros, na cabeça e nas costas.

Desentendimento no tráfico terminou com seis tiros no final da noite de ontem, no bairro Capela Velha, em Araucária.

A vítima foi o auxiliar de produção Rodrigo de Souza Januário, 19 anos, que morreu na Rua Falcão, baleado na cabeça e nas costas. A polícia já identificou o autor do crime e acredita que, nos próximos dias, irá localizá-lo.

Pelo que foi apurado pelo delegado Rubens Recalcatti, o matador seria um traficante da região, conhecido como “Neguinho”.

“O autor e a vítima estavam cobrando dinheiro um do outro e resolveram a questão na bala”, afirmou o delegado. De acordo com conhecidos dos envolvidos, Rodrigo trabalhava para “Neguinho”, no tráfico de drogas, e estaria devendo R$ 150 para o traficante. Porém, ao mesmo tempo, Rodrigo cobrava uma dívida de R$ 450 do “patrão”.

Encontro

Na tarde de terça-feira, os dois se encontraram e discutiram. Segundo a polícia, Rodrigo teria ameaçado “Neguinho”, dizendo que, se era “fervo” o que ele queria, era isso que teria. “O traficante, então, respondeu que voltava à noite, e voltou”, relatou Recalcatti.

Pouco antes da meia-noite, juntamente com dois amigos, “Neguinho” se aproximou da vítima e atirou várias vezes, acertando três tiros na cabeça e três na costas de Rodrigo, que morreu na hora.


Publicidade

Publicidade

Comente a notícia