Parati Track & Field: aventureira de leve

Redação O Estado do Paraná Publicação 23/03/2006 às 16:32:42 Atualizado 19/01/2013 às 21:00:15

JA01_01230306.jpgEsportividade, conforto e "design" diferenciado são os destaques da série especial Parati Track & Field, que a Volkswagen reeditou agora na geração 4. Desenvolvido em parceria com a marca Track & Field, o modelo herdou os atributos de duas marcas de sucesso: confiabilidade, robustez do produto Volkswagen aliado ao espírito de aventura e qualidade de vida dos consumidores da "grife premium" Track & Field.

JA02_01230306.jpgTrazendo de volta a versão Track & Field, agora com um perfil mais "off-road", a Volkswagen coloca à disposição mais um carro com perfil ideal para os aventureiros de fim de semana.

A série limitada Parati Track & Field chegou às concessionárias da marca com duas opções de motorização, 1.6l e 1.8l, com a tecnologia Total Flex e a suspensão elevada em 27 mm.

JA02_02230306.jpgExternamente o carro ganhou vários itens que acentuam o "design" diferenciado da versão, como pára-choques e grade dianteira na cor cinza Cross com apliques em cinza - evidenciando oV que é o elemento de "design" mundial da Volkswagen -, espelhos retrovisores na cor do veículo, frisos laterais em cinza, lanternas traseiras fumê, lâmpadas "Cool Blue", além das colunas B e C  pintadas na cor preta.

JA02_03230306.jpgO carro ganhou rodas de liga-leve de 15 polegadas (modelo Boracéia) em cinza e pneus 195/55.

Para identificar a série, essa Parati recebeu faixas laterais com o nome Track & Field. No interior do modelo, as pedaleiras são em alumínio, as soleiras das portas dianteiras são personalizadas com o nome da série e os bancos dianteiros, igualmente grafados com "Track & Field", receberam rede porta-objetos nas laterais dos bancos.

JA03_01230306.jpg"É um carro para um público que valoriza produtos diferenciados e exclusivos. Colocamos nesta série vários itens de conforto, ‘design’ e funcionalidade por um preço bastante atrativo", comentou Paulo Kakinoff, diretor de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil.

Nove cores foram selecionadas para a Parati Track & Field: as sólidas branco Glacial, vermelho Flash, cinza Urano e preto Ninja; as metálicas prata Light, cinza Cosmos e bege Safári; alémdas perolizadas azul Índigo e vermelho Sirah. 

A previsão de produção do modelo é de 400 unidades mensais, devendo compor o leque de oferta do produto até dezembro de 2006.  (BN)

Olho Clínico

JA03_02230306.jpgAs montadoras estão investindo pesado no segmento de carros com um perfil, por assim dizer, "aventureiro leve". Uma das precursoras dessa moda foi a Fiat Automóveis, com o Palio Adventure. Depois dele, vieram vários outros modelos de diversas marcas.

Nas duas opções de motorização, a Parati Track & Field vem equipada de série com ar-condicionado, aerofólio traseiro "selfcolor" com "brake-light", barras longitudinais de teto, lanterna e faróis de neblina,  preparação para som com alto-falantes, banco do motorista com regulagem de altura milimétrica, tacômetro, banco e encosto traseiro bipartidos e rebatíveis. Vários detalhes internos receberam a pintura especial prata Satin Cross: volante, puxadores e gatilhos das portas, botão do freio de mão e saídas de ar. O acabamento interno é o tear Montreal, em tom de cinza.

JA03_03230306.jpgComo opcional, o modelo pode ser equipado com vidros elétricos, CD Player com comandos acionados no volante,  trava elétrica das portas, freios ABS e controle elétrico dos retrovisores.

A versão avaliada pelo Jornal do Automóvel foi a equipada com motor 1.8 Total Flex, com 106 cv de potência a 5.250 rpm, capaz de alcançar a velocidade máxima de 190 km/h segundo a montadora. O motor se mostrou relativamente ágil e econômico, principalmente nas saídas de semáforos e acelerações, mesmo utilizando somente o álcool como combustível. A suspensão elevada em 27 mm só não ajuda mais em ruas esburacadas por causa dos pneus de perfil baixo.

JA03_04230306.jpgEm piso ondulado e em curvas, sua carroceria se inclina muito pouco, uma vez que utiliza pneus largos (195/55 R15), fabricados exclusivamente para rodar no asfalto. A posição de dirigir da Parati T&F é boa, embora o volante, pedais e banco não estejam no mesmo alinhamento. Os comandos estão bem posicionados. Todas as portas têm espaço para guardar coisas ou pequenos objetos. As barras longitudinais no teto são equipamentos de série nas duas versões do carro.

Os bancos dianteiros têm pequenas redes porta-objetos nas laterais do encosto e do assento, permitindo que ali se coloque uma carteira ou um telefone celular, por exemplo. A Parati T&F tem aerofólio de série e pára-choque com aplique para apoiar a bagagem que se coloca no porta-malas. Com motor 1.6, a Parati Track & Field tem preço sugerido de R$ 41.886,00 e, na versão 1.8, R$ 42.350,00. Equipada com todos os opcionais o preço da Parati F&T chega a R$ 50.685,00.  (BN)

FICHA TÉCNICA

Motor: 1.8L 8V TF
Cilindrada (cm3): 1.781
N.º de cilindros: 4
N.º de válvulas por cilindro: 2
Potência líquida
máxima - cv/rpm:
103/5.250 (gasolina) - 106/5.250 (álcool)
Torque líquido máximo - Nm (kgfm)/rpm:
152 (15,5) 3.000 (gasolina) - 157 (16,0) 3.000 (álcool)
Relação de compressão: 11:1
Suspensão dianteira: Independente, tipo McPherson, com mola helicoidal integrada.
Suspensão traseira: Interdependente, com braço  longitudinal e mola helicoidal.
Freios: Dianteiro: Disco ventilado
Traseiro: Tambor
Rodas: 6J x 15
Pneus:  195/55 R 15
Tamque de combustível (litros): 51
Desempenho e Consumo:    Gasolina    Álcool
Aceleração de 0 a 100 km/h (s)    10,3    10
Velocidade máxima (km/h)    189    190
Consumo cidade (km/l)    11,6    7,6
Consumo estrada (km/l)    16,6    11,1
Média PECO (km/l)    13,8    9,2


Publicidade

Publicidade

Comente a notícia